dormir bem emagrece

Por que dormir bem emagrece?

O que você vai saber aqui:

  • Como o sono influencia no emagrecimento
  • Dicas para melhorar a qualidade do sono

Por que dormir bem emagrece? Saiba como uma boa noite de sono influencia no emagrecimento

Emagrecer dormindo pode até parecer um sonho difícil de se tornar realidade, mas se for levada em consideração a quantidade de calorias que o organismo gasta durante o sono, é possível sim acreditar na possibilidade de perder peso à noite. Para manter ativas as funções básicas como circulação e respiração, o corpo gasta energia, o que pode significar mais de mil calorias queimadas.

A quantidade varia conforme cada pessoa e existem até algumas estratégias recomendadas para quem deseja otimizar esse “emagrecimento dos sonhos”. Aumentar a ingestão de proteína antes de dormir e manter o quarto escuro sem luminosidade são algumas das dicas para dormir melhor.

Independente do ritual escolhido, o fato é que a qualidade do sono tem impacto significativo tanto na qualidade de vida quanto nos planos de emagrecimento.

Tem muita gente que se esforça na academia, segue à risca um cardápio nutricional, e ainda assim não consegue ver os resultados na balança e no espelho. Essas pessoas não entendem onde estão errando, sendo que o erro pode simplesmente ser uma sucessão de noites mal dormidas.

Mas, afinal, como o sono influencia no emagrecimento?

Diversos estudos científicos comprovaram que as pessoas que não dormem bem possuem maior propensão de engordar e também maior dificuldade em emagrecer.

Existe uma relação muito forte entre noites mal dormidas e episódios de compulsão alimentar. Onde há privação de sono, ocorre um desequilíbrio hormonal com o aumento da produção de cortisol – o hormônio do estresse – afetando negativamente a atividade cerebral.

Esse desequilíbrio é o responsável pela vontade de comer mais carboidratos e alimentos pobres em vitaminas, o que resulta no consumo de mais calorias durante o dia. Por outro lado, uma noite bem dormida regula a produção de hormônios como a grelina e a leptina, que são importantes para controlar a fome.

Descubra quais são os principais hormônios do sono e como cada um age no organismo:

  1. Leptina: quando regulada, ajuda na sensação de saciedade. Desregulada, diminui essa percepção e aumenta a vontade de comer.
  • Grelina: quando em pleno funcionamento, regula a fome natural. Quando descontrolada, provoca o aumento da fome.
  • Cortisol: regula o apetite quando está em dia. Mas em desequilíbrio, aumenta a vontade de comer e ainda ajuda a estocar gordura na barriga
  • Hormônio do crescimento (hgh): pode ajudar a diminuir a gordura corporal, mas quando desregulado transforma as calorias em gordura.

Quantas horas é preciso dormir para emagrecer?

A quantidade de horas de sono recomendada varia de acordo com cada pessoa, mas existe um consenso entre a maioria dos especialistas sobre dormir de 7 a 9 horas por noite. Isso porque cada estágio do sono tem, em média, 90 minutos, e o indicado é dormir no mínimo 5 estágios por noite.

Mas, mais do que a quantidade, o que importa mesmo é a qualidade do sono. Fazer da hora de dormir um momento sagrado é muito bom, priorizando atividades e alimentos que induzam ao relaxamento a partir do anoitecer.

Virou quase senso comum dizer que o consumo de café à noite pode prejudicar o sono, porém já existem pesquisas que mostram que o café pode não ter essa influência.

Muitas pessoas também relatam que conseguem dormir mesmo após terem tomado uma xícara de café. Isso varia conforme cada perfil, de qualquer forma, a cafeína tem ação estimulante e, por isso, é mais recomendada (e inclusive muito indicada) para ser consumida pela manhã.

Conheça neste post, SuperCoffee é uma excelente opção para começar bem o dia.

Dicas para melhorar a qualidade do sono

Algumas pessoas acreditam que dormir a qualquer hora funciona, mas a verdade não é bem assim. Somos seres diurnos. Durante o dia, precisamos estar ativos e espertos, com o corpo e a mente em pleno funcionamento e harmonia. É à noite que o corpo repõe as energias, por isso o sono noturno é o mais reparador.

Confira essas dicas que podem ajudar a dormir melhor!

  • Fazer refeições mais leves à noite é indicado para não sobrecarregar o organismo que precisa trabalhar para promover a digestão dos alimentos. Investir nas proteínas é o ideal, já que o consumo de proteína está intimamente relacionado ao aumento da massa magra. E quanto maior a quantidade de massa magra no corpo, maior a taxa de metabolismo basal, que é a capacidade do corpo de queimar calorias mesmo em repouso.
  • Evitar o álcool antes de dormir também é essencial, porque o álcool impede o corpo de atingir o estado REM do sono, que é o sono profundo no qual o corpo gasta mais calorias.
  • A luz emitida pelos aparelhos eletrônicos pode reduzir a produção de melatonina, o hormônio que regula o sono. Por isso, desligar celular, computador, e televisão é imprescindível para garantir uma boa noite de sono.
  • Para quem tem a possibilidade de manter uma rotina do sono, é interessante acostumar-se a dormir sempre no mesmo horário. Um ambiente adequado também é fundamental, e deve ser escuro, silencioso e longe dos eletrônicos.