turbinar a saúde

7 Superalimentos para turbinar a saúde do cérebro

O que você vai saber aqui:

  • Como turbinar o cérebro naturalmente
  • Quais alimentos ajudam a saúde do cérebro
  • O papel do café na saúde do cérebro

Saiba o que comer para melhorar a memória e retardar o envelhecimento

Você já deve ter ouvido falar que alimentação também é remédio. Pois saiba que isso se aplica perfeitamente quando o assunto é saúde do cérebro.

Temos ao nosso alcance uma infinidade de alimentos com um verdadeiro poder medicinal para turbinar a saúde cerebral.

Em regra geral, recomenda-se evitar o açúcar, principalmente do tipo refinado, incluir antioxidantes e boas fontes de gorduras.

A prática de atividade física também é essencial para turbinar a saúde: estudos demonstram que pessoas que praticam exercício físico retardam a redução do tamanho do hipocampo, que é a parte do cérebro responsável pela memória.

Mas como turbinar o cérebro de forma natural?

Para fazer as melhores escolhas alimentares e beneficiar o cérebro a cada refeição, inspire-se nessa lista:

1.    Frutas vermelhas

Elas são poderosas contra o envelhecimento e ajudam muito a retardar os efeitos da ação do tempo, tanto no organismo quanto na pele. Além disso, tem ação anti-inflamatória e são ricas em antioxidantes. Alguns exemplos são o açaí, o mirtilo e a goji berry.

2.    Frutas amarelas

As frutas de coloração amarelada, como o caqui e o damasco, são ricas em vitamina C, que age para na prevenção da saúde cerebral. Essas frutas também possuem carotenoides que garantem a sua cor e ainda potencializam o trabalho de renovação das células do cérebro.

3.    Abacate

Para estar saudável, o cérebro precisa de uma boa circulação sanguínea, e o abacate pode ajudar nisso. A fruta tem um alto índice de gordura monoinsaturada, a chamada ‘gordura do bem’ que é poderosa no combate ao colesterol e também benéfica para o sistema cardiovascular.

4.    Folhas verdes:

Os vegetais verdes são grandes fontes de antioxidantes, vitamina K e também possuem luteína – carotenoide que não é produzido naturalmente pelo organismo e tem relação com a proteção das funções cognitivas.

Dentre os legumes de coloração verde, destaque para brócolis, que ajuda na memória e na capacidade de raciocínio e aprendizagem; e para o espinafre, rico em nitratos que aceleram a circulação do sangue no cérebro.

5.    Soja

Esse grão 100% vegetal é a base da alimentação para muitos vegetarianos e veganos. A soja chama a atenção pelo alto valor nutricional. Rica em lecitina – que contribui na reestruturação do sistema nervoso e da memória, a soja também é fonte de ômega 3, que possui impacto positivo na memória e para turbinar a saúde.

6.    Cúrcuma

Também conhecida por açafrão da terra, a cúrcuma é capaz de proteger os neurônios e até estimular a formação de novas células no cérebro. Por isso, a cúrcuma está fortemente relacionada com a prevenção de inúmeras doenças degenerativas que acometem a saúde cerebral, como o Alzheimer.

Neste post tem mais informações sobre as propriedades medicinais da cúrcuma.

  • Café

O efeito estimulante do café tem impacto direto no sistema nervoso central, melhorando significativamente a capacidade de concentração e aumentando o desempenho mental.

Isso se dá pelo princípio ativo da cafeína. E imagina quando são acrescidos ao café outros superalimentos igualmente benéficos para a turbinar a saúde do cérebro!

Foi o que fez o SuperCoffee, ao lançar uma fórmula única e exclusiva que revolucionou o mercado de cafés termogênicos.

Além do café especial feito de grãos 100% arábica, a fórmula traz ainda castanha-do-pará, chá verde, canela, gengibre, pimenta caiena, cúrcuma, cardamomo e noz moscada. O sabor sem igual do SuperCoffee conta ainda com o doce natural do leite de coco em pó, o que dispensa a adição de qualquer tipo de açúcar. Por isso SuperCoffee é zero açúcar, sem lactose, sem glúten, 100% natural e vegano.

Para ler mais sobre SuperCoffee, clique aqui.

Veja agora como cada um dos ingredientes do SuperCoffee contribui para a preservação da saúde do cérebro:

  • Castanha-do-Pará: rico em vitamina E, selênio e ômega-9, que turbinam o raciocínio, melhoram a memória e protegem o cérebro dos radicais livres. Por isso a castanha-do-pará está associada à prevenção de doenças degenerativas como Alzheimer e Parkinson.
  • Chá verde: além de ser amigo do coração, o chá verde também pode ajudar no estímulo da memória graças ao ECGC, um dos ativos encontrados no chá, conforme evidenciaram alguns estudos.
  • Canela: fonte de taninos, cumarina e cinamaldeído, a canela ajuda a prevenir o acúmulo de toxinas em todo o corpo, e também no cérebro.
  • Gengibre: possui ação anti-inflamatória que ajuda a proteger os neurônios, inibindo a presença de enzimas agressoras ao sistema cerebral.
  • Pimenta caiena: ajuda a combater o acúmulo de placas de colesterol nas artérias, reduzindo assim os riscos de acidente vascular cerebral ou ataque cardíaco.
  • Cúrcuma: como já mencionado acima, a cúrcuma tem capacidade de proteger neurônios e também estimular a formação de novas células cerebrais. Tem ligação com a prevenção de doenças como Alzheimer.
  • Cardamomo: risco em fósforo, pode ser um excelente tônico para o cérebro e para os nervos
  • Noz moscada: compostos encontrados na noz moscada, como miristicina e elemicina, são estimulantes ao cérebro, funcionando como um bom tônio cerebral.
  • Leite de coco: possui triglicerídeos de cadeia média (TCM) que servem de combustível de energia para o cérebro, melhorando o foco e a concentração.