equilibrar os chacras

Como equilibrar os chacras através da alimentação

O que você vai saber aqui:

  • O que são chacras
  • Quais são os principais chacras
  • Como equilibrar os chacras
  • Quais os alimentos indicados para cada chacra

Saiba o que comer para ativar os sete principais chacras

“Nós somos aquilo que comemos”! Você provavelmente já ouviu falar nessa frase que ressalta a importância de manter bons hábitos na alimentação. Nossas escolhas alimentares realmente são a base da nossa saúde, mas também refletem nosso bem-estar e equilíbrio energético.

Ou seja, servir um “prato colorido” é muito mais do que abastecer o organismo com os melhores nutrientes e vitaminas; é, também, regular os principais pontos de energia distribuídos pelo corpo – os chamados chacras.

Mas o que são chacras?

A palavra “chacra” vem do sânscrito e significa “roda de luz”. Nosso corpo é repleto de milhares de chacras, mas sete são considerados os principais, e estão relacionados com as sete glândulas endócrinas: suprarrenais, gônadas, pâncreas, timo, tireoide, hipófise e pineal.

Essas glândulas agem na produção de “remédios” internos, ou seja, produzem todas as substâncias necessárias para o pleno funcionamento do organismo. Quando equilibradas, a imunidade permanece em alta, sem a necessidade de medicação alopática.

Quer saber mais sobre os sete principais chacras? Siga no texto abaixo:

Chacra Básico (ou Chacra Raiz): localizado na base da coluna. Representa o mundo material e a conexão com a Terra. Está associado às glândulas suprarrenais, tendo ligação com os rins. Impaciência, raiva, apego, culpa e vergonha são alguns dos sentimentos comuns quando esse chacra está desequilibrado.

Chacra Sacro (ou Chacra Sexual): localizado dois dedos abaixo do umbigo. Tem ligação com o útero, ovários e próstata, por isso suas funções são a criatividade, a sexualidade e a reprodução. Quando esse chacra está aberto, a abundância flui melhor. Emoção exagerada, frieza ou indiferença podem indicar energias estagnadas nesta região.

Chacra Plexo Solar: localizado um pouco acima do umbigo, por isso tem relação com o sistema digestivo. Quando desregulado, predominam a indecisão, ansiedade e desconfiança. Quando equilibrado, promove a autossuficiência, autoestima e segurança.

Chacra Cardíaco: localizado no peito, tem ressonância com o amor incondicional. A disfunção do chacra cardíaco causa desilusão, pânico e depressão. Sentimentos egoístas e de rancor costumam predominar quando o chacra do coração está desequilibrado.

Chacra Laríngeo: localizado na garganta, está associado à glândula tireoide. Tem ligação direta com a comunicação, criatividade, iniciativa e independência. Quando desequilibrado, a pessoa tende a se sentir apática, fracassada, desesperada, limitada, insegura e submissa.

Chacra Frontal: também conhecido como Terceiro Olho, está no ponto entre as sobrancelhas. Está associado à intuição, percepção extrassensorial e raciocínio lógico. Quando em desequilíbrio, predominam a ganância, arrogância, tirania, rigidez e alucinações.

Chacra Coronário: no topo da cabeça, está diretamente associado à conexão com o divino e espiritualidade. Regula o apetite, o sono e o humor. Desequilibrado, gera rigidez nos pensamentos e até alucinações espirituais. Equilibrado, melhora a memória, a sensibilidade, o poder de clarividência e a sabedoria.

Como equilibrar os chacras?

Existem diversas técnicas para desbloquear os chacras e realinhar o equilíbrio energético. Uma das mais populares e que inclusive já é reconhecida pelo Ministério da Saúde é o reiki – terapia integrativa que utiliza a imposição das mãos para a canalização da energia vital.

O alinhamento dos chacras também pode ser feito através de meditações específicas, utilização de cristais e, também, por meio da alimentação.

Quais são os alimentos indicados para cada chacra?

Como falamos anteriormente, cada chacra corresponde a uma glândula e é representado por uma cor. Assim, apostar em alimentos de uma respectiva cor ou que tenham propriedades benéficas para a glândula em questão é uma excelente forma de ativar e até mesmo curar esses centros de energia quando necessário. Entenda:

Chacra Básico: cor vermelha. Morango, beterraba, tomate. Por ser o Chacra Raiz, também é representado pelas raízes, como brócolis, batata e especiarias.

Chacra Sacro: cor laranja. Mamão, manga, laranja, abóbora, cenoura, nozes, canela.

Chacra Plexo Solar: cor amarela. Abacaxi, banana, pimenta amarela, milho.

Chacra Cardíaco: cor verde. Vegetais de folhas verdes em geral, como alface, espinafre; frutas como kiwi; chá verde

Chacra Laríngeo: cor azul claro. Alimentos que se aproximam dessa tonalidade, como amora ou mirtilo.

Chacra Frontal: cor azul índigo. Alimentos em tons de violeta, como uva, beringela, repolho roxo são algumas opções.

Chacra Coronário: cor violeta, branco ou dourado. Alimentos na coloração clara como coco, gengibre, lichia, alho, cebola ou cogumelos.

Cuidar da saúde física e mental é, por si só, um ato de amor e cuidado consigo que reflete na atração de boas vibrações. Inspirado pela importância de promover esse equilíbrio entre corpo e mente, o SuperCoffee reuniu 10 superalimentos 100% naturais e veganos que tem grande influência na harmonia desses campos energéticos.

Além do café especial feito a partir de grãos 100% arábica, o SuperCoffee traz todo o poder do chá verde, considerado um dos mais potentes antioxidantes do planeta, capaz de combater radicais livres, prevenir doenças e retardar o envelhecimento da pele.

Ainda compõe a fórmula única e exclusiva leite de coco em pó, castanha-do-pará, canela, gengibre, pimenta caiena, cúrcuma, cardamomo e noz moscada.

Por isso, muito mais do que um café, o SuperCoffee é também um poderoso aliado para aumentar a imunidade e melhorar a qualidade de vida.

Para saber mais benefícios do SuperCoffee, visite este post.